Perguntas Frequentes

Sim.
Sim. A idade mínima do comunicante é 18 anos.
SIM. O e-mail é indispensável para confecção do registro da ocorrência. A sua ocorrência será encaminhada para o endereço de e-mail fornecido no momento do registro. Você poderá recuperar uma cópia da mesma pelo site www.pcdf.df.gov.br ou pessoalmente em qualquer delegacia de polícia.
Acesse o site da Polícia Civil do Distrito Federal com os seguintes dados em mãos: Número / Ano da Ocorrência e o Número do Recibo e clique no link "Consultar Ocorrência". Você poderá também obter uma cópia da ocorrência em qualquer unidade da Polícia Civil do Distrito Federal.
SIM. Porém, só se for SEM VÍTIMA e não envolver veículo oficial.
Não. A Polícia Civil não apura quem foi o responsável pelo acidente de trânsito sem vítima. As informações de testemunhas e a descrição do sinistro poderão ser oferecidas e discutidas em Juízo, se for o caso.
A evasão de local de acidente de trânsito ocorre quando o condutor do veículo afasta-se do local para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída (Art. 305 do Código de Trânsito). Apenas os motoristas/condutores devem ser cadastrados como envolvidos nesta ocorrência e o comunicante deverá ser o condutor de um dos veículos envolvidos. Você poderá informar o histórico dos fatos. As demais informações serão prestadas junto à Delegacia Circunscricional, ou seja, àquela responsável pela área onde o fato ocorreu.
No máximo 5 (cinco) objetos com liberdade para utilizar até duzentos (200) caracteres em cada.
Caso o objeto envolvido no EXTRAVIO seja do tipo Aparelho Celular, é obrigatório que seja informado o número ESN/IMEI ou Número de Série do aparelho, para facilitar a restituição no caso de localização. Se o seu celular foi FURTADO e você deseja o bloqueio do aparelho, verifique a pergunta 9.
Por intermédio da Delegacia Eletrônica é possível realizar somente o bloqueio do aparelho celular FURTADO. Caso o seu telefone celular tenha sido ROUBADO, procure a Delegacia de Polícia mais próxima para efetuar o registro.
Os seguintes campos são de preenchimento obrigatório para o bloqueio do aparelho celular: número da linha do celular, CPF do proprietário do aparelho, nome e CPF do titular da linha, caso não seja o mesmo do proprietário do aparelho, IMEI e marca do aparelho. O proprietário do aparelho/titular da linha deve ser cadastrado na ocorrência como “vítima” ou “comunicante/vítima”.
O bloqueio do aparelho celular não é imediato e está condicionado ao fornecimento correto das informações obrigatórias
Não. Para que a(s) linha(s) telefônica(s) vinculada(s) ao aparelho celular furtado seja(m) bloqueada(s) é necessário que o titular desta(s) entre em contato direto com a(s) operadora(s) de telefonia celular.
Caso não possua o número do IMEI do aparelho celular, verifique o número junto à caixa na qual o aparelho foi adquirido. Se não for possível, procure a Delegacia de Polícia mais próxima, tendo em vista que nesses casos o bloqueio somente poderá ser realizado presencialmente.
O desbloqueio não pode ser realizado pela Delegacia Eletrônica. Procure a Delegacia de Polícia responsável pela apuração do fato, a qual pode ser localizada no campo “Identificação”, logo abaixo do número da ocorrência policial.
Em caso de ocorrência de Acidente de trânsito sem vítima ou Extravio, ligue para 197 opção 2, de segunda a sexta-feira, exceto feriado, no período de 9h às 19h, ou envie um e-mail para dpeletronica@pcdf.df.gov.br solicitando a alteração, mediante informação do número da ocorrência eletrônica e os dados que deverão ser alterados / retificados. No caso de ocorrências criminais, entre em contato com a Delegacia responsável pela apuração do fato.
Sim, a partir da correção da informação solicitada via e-mail (dpeletronica@pcdf.df.gov.br) ou via 197 opção 2, de segunda à sexta-feira, exceto feriado, no período de 9h às 19h, e desde que o CANCELAMENTO não se refira à Natureza Criminal não disponibilizada para o registro on-line.
SIM, o registro on-line é mais uma opção a escolha do cidadão que não querendo registrar pela internet poderá pessoalmente se dirigir a qualquer Delegacia da Polícia Civil e registrar as mesmas naturezas aqui disponibilizadas.
É de suma importância que seja utilizado apenas os botões de navegação do sistema, pois a utilização dos botões do browser pode acarretar perda de dados.
SIM É VÁLIDA. Não é necessário que procure qualquer delegacia para esta finalidade. A cópia da Ocorrência Eletrônica emitida pelo site da PCDF tem a mesma validade daquela obtida pessoalmente, para tanto desenvolvemos uma CHANCELA que atesta a sua validade para todos os fins.
Ligue para 197 opção 2 de segunda à sexta-feira, exceto feriado, no período de 9h às 19h, ou encaminhe um e-mail para dpeletronica@pcdf.df.gov.br.
Em caso de sugestões e reclamações acesse o site da Polícia Civil ou clique aqui "Fale Conosco - Ouvidoria"
Telefone para contato: 197 - opção 2 de segunda a sexta-feira das 9h às 19h, exceto feriados.
2016 © Polícia Civil do Distrito Federal - PCDF - Divisão de Tecnologia - DITEC
SPO, Conjunto A, Lote 23, Complexo da PCDF, Ed. Sede - CEP 70.610-907